Regime Cumilativo

 

 

 Regime de Incidência Cumulativa

A base de cálculo é a receita operacional bruta da pessoa jurídica, sem deduções em relação a custos, despesas e encargos. Nesse regime, as alíquotas da Contribuição para o PIS/PASEP e da COFINS são, respectivamente, de 0,65% e de 3%.

As pessoas jurídicas de direito privado, e as que lhe são equiparadas pela legislação do imposto de renda, que apuram o IRPJ com base no  Lucro Presumido  ou arbitrado estão sujeitas à incidência cumulativa.

As pessoas jurídicas, ainda que sujeitas á incidência não cumulativa, submetem à incidência cumulativa as receitas elencadas no artigo 10, da Lei 10.833/2003.

 

Regime Cumilativo

05-11-2012 13:24

devidas por instituições financeiras e equiparadas

  Instituições financeiras - Cofins/PIS-Pasep - Incidência das contribuições devidas por instituições financeiras e equiparadas   Resumo: Este procedimento trata sobre a incidência da PIS-Pasep e da Cofins nas contribuições devidas por instituições financeiras e...

PIS/COFINS - Forma de incidência cumulativa

05-11-2012 14:32

PIS/COFINS - Forma de incidência cumulativa

  PIS/COFINS - Forma de incidência cumulativa   Resumo: Este procedimento trata de quem são os contribuintes do PIS-Pasep/Cofins cumulativos, qual a base de cálculo da contribuição de diversas atividades, quais as alíquotas e o prazo para pagamento das contribuições devidas...

Procurar no site

Contacto

Supra Consultoria Ronald Captein

Suprafiscal@gmail.com

UNIDADES FISCAIS REFERENCIAIS

Esta seção está vazia.

Questionário

Sua empresa esta em dia com as obrigações acessórias ?

sim (287)
78%

não (82)
22%

Total de votos: 369

Questionário

Você encontrou o que procurava em nosso site ?

Sim (216)
75%

Não (71)
25%

Total de votos: 287